EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Juiz americano contraria Trump e decide a favor dos "sonhadores"

Juiz americano contraria Trump e decide a favor dos "sonhadores"
Direitos de autor 
De  Euronews
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

É a segunda sentença judicial neste sentido, sendo que desta vez conta ainda com o apoio de procuradores de 17 Estados americanos.

PUBLICIDADE

Um juiz federal de Nova Iorque travou a decisão de Donald Trump de terminar com o chamado programa DACA, que evita a expulsão de jovens que chegaram ilegalmente com a família aos Estados Unidos, ainda menores, dando-lhes a oportunidade de estudar e trabalhar.

É a segunda sentença judicial neste sentido, sendo que desta vez conta ainda com o apoio de procuradores de 17 Estados americanos. Ou seja, para já mantém-se, pelo menos, até ao início de março o programa criado por Barack Obama, que já abrangeu cerca de 700 mil jovens conhecidos como "dreamers" ou "sonhadores". Agora, cabe ao Supremo Tribunal a última palavra.

Entretanto, o secretário da Defesa, James Mattis, veio anunciar uma exceção: os jovens nesta situação que estejam integrados nas forças militares americanas não serão, em caso algum, deportados.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

As ameaças de Páscoa de Trump

Donald Trump escolhe senador J. D. Vance para candidato a vice-presidente

A reeleição de Trump poderá afetar a economia europeia em 150 mil milhões de euros