Emma Bonino à Euronews: "É preciso relançar o projeto europeu"

Emma Bonino à Euronews: "É preciso relançar o projeto europeu"
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A antiga Comissária Europeia disse que os nacionalismos podem colocar em xeque a União.

PUBLICIDADE

A poucos dias das eleições italianas, a Euronews entrevistou Emma Bonino, antiga Comissária Europeia,  várias vezes ministra e antiga vicepresidente do Senado italiano.

Bonino é candidata aos escrutínios pela lista +Europa, de centro-esquerda, próxima do Partido Democrático, de Matteo Renzi.

À Euronews, Bonino falou, em primeiro lugar, do projeto europeu:

"Penso que o projeto europeu deve ser retomado e deve mesmo ser levado mais longe. Em primeiro lugar, porque temos mudanças na cena internacional. Putin, de um lado, Trump, do outro, com a expansão da China, o mediterrâneo e o Sahel a ferro e fogo, a velha Ordem Mundial parece estar a morrer. Mas não temos outra, por agora. E a ideia de que 27 países possam abandonar-se uns aos outros é algo preocupante."

Emma Bonino disse que, em parte do velho continente, é também preocupante a ascenção dos nacionalismos, e não só em Itália.

"Miterrand disse, uma vez, que o nacionalismo é a guerra. Porque começa com uma guerra comercial e não sabemos onde nos leva. Nós esforçamo-nos por explicar aos cidadãos italianos que não é ao fecharmos as fronteiras nem ao sairmos do euro nem graças e nenhuma outra estupidez que vamos ter um futuro melhor".

As eleições gerais têm lugar depois da dissolução do parlamento pelo presidente Sergio Matarella, no final de dezembro passado.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Itália "a duas velocidades"

Confrontos entre polícia e manifestantes em Itália

Putin nega interferência nas Legislativas italianas