This content is not available in your region

Sobreviventes de ataques com ácido desfilam pela igualdade

Access to the comments Comentários
De  Ana Serapicos
euronews_icons_loading
Sobreviventes de ataques com ácido desfilam pela igualdade

Estas mulheres mostram bem mais do que as roupas que desfilam. São rostos da desigualdade do país onde vivem, a Índia.

"Quando houver igualdade, o crime parará."

Laxmi Sobrevivente de ataque com ácido

Sendo vítimas de ataques com ácido por parte dos ex-companheiros, decidiram, no Dia Internacional da Mulher, desfilar por uma causa: a luta pela igualdade

Laxmi, sobrevivente de um ataque com ácido por parte do ex-marido, disse que o objetivo dela e das outras mulheres é apenas o de alcançar a igualdade de género.

"Quando houver igualdade, o crime parará."

São registados, por ano e em todo o mundo, 1500 ataques com ácido. Mais de 1000 são na Índia.

Muitas das vítimas nem sequer chegam a reportar o crime com medo de consequências por parte dos agressores.