Última hora

Última hora

Sobreviventes de ataques com ácido desfilam pela igualdade

Em leitura:

Sobreviventes de ataques com ácido desfilam pela igualdade

Sobreviventes de ataques com ácido desfilam pela igualdade
Tamanho do texto Aa Aa

Estas mulheres mostram bem mais do que as roupas que desfilam. São rostos da desigualdade do país onde vivem, a Índia.

"Quando houver igualdade, o crime parará."

Laxmi Sobrevivente de ataque com ácido

Sendo vítimas de ataques com ácido por parte dos ex-companheiros, decidiram, no Dia Internacional da Mulher, desfilar por uma causa: a luta pela igualdade

Laxmi, sobrevivente de um ataque com ácido por parte do ex-marido, disse que o objetivo dela e das outras mulheres é apenas o de alcançar a igualdade de género.

"Quando houver igualdade, o crime parará."

São registados, por ano e em todo o mundo, 1500 ataques com ácido. Mais de 1000 são na Índia.

Muitas das vítimas nem sequer chegam a reportar o crime com medo de consequências por parte dos agressores.