EventsEventosPodcasts
Loader
Find Us
PUBLICIDADE

Manifestantes em Espanha atingiram os 6 milhões

Manifestantes em Espanha atingiram os 6 milhões
Direitos de autor Reuters
Direitos de autor Reuters
De  Ana Serapicos
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Dia Internacional da Mulher ficou marcado pela greve de 24h contra a desigualdade de género

PUBLICIDADE

O Dia Internacional da Mulher, em Espanha, ficou marcado por protestos.

A greve de 24h tinha o objetivo de paralisar o país e o número de manifestantes por toda a Espanha atingiu os seis milhões.

Em Madrid, as ruas não tiveram espaço para toda a gente que decidiu erguer cartazes contra a desigualdade de género.

Espanha é dos países da Europa onde existe mais disparidade na prática dos direitos dos homens e das mulheres, sobretudo no mercado de trabalho, onde ainda existem empresas que pagam mais aos homens do que às mulheres em casos com a mesma posição profissional.

Em entrevista ao repórter da Euronews, Carlos Marlasca, algumas das manifestantes disseram que acreditam que o dia "vai ficar para a história" e que veio "quebrar a evidente falha de igualdade de género" que ainda existe no país.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Dia Internacional da Mulher: Protestos em Madrid

Sobreviventes de ataques com ácido desfilam pela igualdade

Dia Internacional da Mulher: Yazidis manifestam-se pelo regresso das suas mulheres