Última hora

Ministro do Interior da Eslováquia demite-se na sequência de homicídio de jornalista

Ministro do Interior da Eslováquia demite-se na sequência de homicídio de jornalista
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro do Interior e vice-primeiro ministro da Eslováquia demitiu-se esta segunda feira. Esta demissão está relacionada com o homicídio do jornalista de investigação Jan Kuciak, no final de fevereiro.

Numa conferência de imprensa, Robert Kalinak explicou que abandona o cargo para manter a estabilidade do governo liderado pelo social-democrata Robert Fico.

Recorde-se que durante este fim-de-semana, dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas de Bratislava para exigir a saída do chefe do executivo após Ján Kuciak e a noiva terem sido assassinados no seguimento de uma investigação que expunha as ligações da classe política eslovaca à máfia italiana.

Ján Kuciak e a sua noiva, Martina Kušnírová, ambos com 27 anos, foram mortos a tiro em casa, perto da capital eslovaca, a 25 de fevereiro. Poucos dias depois a polícia assumiu que o homicídio está “muito provavelmente” relacionado com uma investigação de Kuciak. O artigo que estava a preparar foi entretanto publicado.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.