Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Ministro do Interior da Eslováquia demite-se na sequência de homicídio de jornalista

Ministro do Interior da Eslováquia demite-se na sequência de homicídio de jornalista
Tamanho do texto Aa Aa

O ministro do Interior e vice-primeiro ministro da Eslováquia demitiu-se esta segunda feira. Esta demissão está relacionada com o homicídio do jornalista de investigação Jan Kuciak, no final de fevereiro.

Numa conferência de imprensa, Robert Kalinak explicou que abandona o cargo para manter a estabilidade do governo liderado pelo social-democrata Robert Fico.

Recorde-se que durante este fim-de-semana, dezenas de milhares de pessoas saíram às ruas de Bratislava para exigir a saída do chefe do executivo após Ján Kuciak e a noiva terem sido assassinados no seguimento de uma investigação que expunha as ligações da classe política eslovaca à máfia italiana.

Ján Kuciak e a sua noiva, Martina Kušnírová, ambos com 27 anos, foram mortos a tiro em casa, perto da capital eslovaca, a 25 de fevereiro. Poucos dias depois a polícia assumiu que o homicídio está “muito provavelmente” relacionado com uma investigação de Kuciak. O artigo que estava a preparar foi entretanto publicado.