Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Fico disposto a deixar cargo mas com condições

Fico disposto a deixar cargo mas com condições
Direitos de autor
REUTERS/Radovan Stoklasa
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Face à pressão nas ruas, o primeiro-ministro da Eslováquia, ofereceu demitir-se, como exige a oposição desde o assassinato do jornalista de investigação Jan Kuciak em fevereiro.

Robert Fico precisou, no entanto, condições para evitar eleições antecipadas e permitir a continuação da coligação tripartida no poder desde 2016. O líder social-democrata sublinhou que deverá ser o seu partido a apresentar o candidato para liderar o executivo.

Em conferência de imprensa, Fico disse que "as ambições de uma pessoa não devem ser mais importantes do que o destino de um país, que está ameaçado pelo caos".

As manifestações têm-se multiplicado nas últimas semanas, desde que Kuciak e a noiva foram assassinados a tiro, a 25 de fevereiro, quando o jornalista conduzia uma investigação sobre corrupção e supostas ligações entre políticos eslovacos e homens de negócios italianos com alegadas ligações à mafia da Calábria.