Última hora
This content is not available in your region

Polícia italiana detém mais cinco suspeitos de terrorismo

Access to the comments Comentários
De  Joao Duarte Ferreira
Operação "Mosaico"
Operação "Mosaico"
Tamanho do texto Aa Aa

A polícia italiana anunciou esta quinta-feira a detenção de cinco indivíduos suspeitos de ligação à rede de Anis Amra, o autor do massacre do mercado de Natal de Berlim, morto em Itália a 23 de dezembro de 2016.

A operação policial intitulada "Mosaico" decorreu na capital, Roma, e na localidade de Latina e é a mais recente operação do género desencadeada no último mês.

Foram detidos quatro tunisinos e um palestiniano.

As detenções coincidem com o aumento das expulsões do país de suspeitos extremistas islâmicos.

As investigações desencadeadas a partir dos registos do telemóvel do autor do massacre de Berlim levaram à detenção de mais suspeitos terroristas de norte a sul do país.

Segundo o ministro italiano do Interior, Marco Minniti, o número de extremistas que estão a tentar entrar na Europa tem vindo a aumentar.

Só este ano a Itália já expulsou 29 estrangeiros, na sua maioria muçulmanos.