Última hora

Última hora

Rússia expulsa "mais de 50" diplomatas britânicos

Em leitura:

Rússia expulsa "mais de 50" diplomatas britânicos

Rússia expulsa "mais de 50" diplomatas britânicos
@ Copyright :
REUTERS/Anton Vaganov
Tamanho do texto Aa Aa

A guerra diplomática continua a subir de tom entre a Rússia e o Ocidente no caso Skripal. A porta-voz do Kremlin disse este sábado à agência Reuters que Londres deverá retirar "um pouco mais de 50" diplomatas do seu território.

Na sexta-feira, Moscovo já tinha ordenado a expulsão de meia centena de representantes diplomáticos de duas dezenas de países e, um dia antes, de sessenta diplomatas só dos Estados Unidos, fechando o consulado norte-americano em São Petersburgo.

Em entrevista à NBC, o embaixador russo nos Estados Unidos, Anatoly Antonov, afirmava que "se alguém nos dá uma estalada [...] vamos retaliar. É algo implícito. O estado [atual] das relações é bastante mau".

No aeroporto internacional de Dulles, perto de Washington, aviões russos preparam-se já para repatriar os seus diplomatas. Na maior expulsão cruzada da história recente, são mais de 140 representantes russos na América do Norte, Europa e Austrália que deverão regressar ao país.