Última hora

Última hora

Ataques em Douma fazem mais de 40 mortos nas últimas 24 horas

Ataques em Douma fazem mais de 40 mortos nas últimas 24 horas
Direitos de autor
REUTERS/Bassam Khabieh
Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 40 mortos, entre os quais oito crianças, é o último balanço dos ataques sangrentos desde sexta-feira na cidade de Douma, o último bastião da oposição em Ghouta oriental.

De acordo com o Observatório Sírio dos Direitos Humanos, esta foi uma ação conjunta da guarda republicana síria, a força de elite do presidente sírio Bashar Al-Assad, e da aviação russa, que se traduziu em mais de 50 ataques e um rasto de destruição e fumo.

Douma é a base do grupo rebelde Jaish Al-Islam, que negociava um acordo de rendição com os russos. No entanto, as conversações fracassaram, levando ao assalto à cidade das forças armadas sírias.

Apesar das tentativas de retirar civis e combatentes daquela zona, calcula-se que estejam ainda na cidade entre 70 a 150 mil pessoas.

Desde o início desta ofensiva, já terão morrido mais de 1600 civis. Agora, as forças armadas controlam já mais de 90% da região.