Russos terão capacidade para interferir nos drones dos EUA na Síria

Russos terão capacidade para interferir nos drones dos EUA na Síria
Direitos de autor Cutler Brice/Handout via REUTERS
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A informação é avançada pela NBC

PUBLICIDADE

O exército russo terá a capacidade de interferir nos sistemas de drones dos Estados Unidos na Síria. A informação é avançada pela cadeia de notícias NBC, parceira da Euronews, que cita quatro militares norte-americanos.

De acordo com estes militares, os russos começaram a interferir com os sistemas de navegação de drones mais pequenos dos Estados Unidos há algumas semanas, depois de alegados ataques com armas químicas em Ghouta. Os russos estariam receosos de que os americanos pudessem responder e começaram a interferir dos sistemas de GPS dos drones a operar na região, revelaram os oficiais, em anonimato.

De acordo com Todd Humphreys, diretor do Laboratório de Radionavegação da Universidade do Texas em Austin, este tipo de interferência é possível e teria um sério impacto na mobilidade dos drones provocando mau funcionamento ou mesmo a queda dos aparelhos. "No mínimo as interferências poderiam provocar um comportamento errático", esclarce.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Russos piratearam e-mails de peritos em drones

França vai ter drones armados até 2019

Flor-cadáver desabrochou em São Francisco