Última hora

Última hora

Governo espanhol lembra vítimas da ETA

Em leitura:

Governo espanhol lembra vítimas da ETA

Governo espanhol lembra vítimas da ETA
Tamanho do texto Aa Aa

Perante o pedido de desculpas da ETA, o governo espanhol coloca-se do lado das vítimas e dos familiares. Íñigo Méndez de Vigo, o porta-voz do governo espanhol, considerou o comunicado divulgado esta sexta-feira sinónimo da derrota total da organização.

“Estamos, estivemos e estaremos sempre com as vítimas. Este comunicado confirma algo que já sabíamos, que é a derrota total da ETA. A derrota política, a derrota social e a derrota internacional”.

No comunicado, a ETA pede perdão apenas a quem não estava “diretamente relacionadas com o conflito”. Íñigo Urkullu, presidente do governo basco, pede a mesma consideração com todas as vítimas.

"Vão ter oportunidade, naquele momento da declaração do fim de forma unilateral, de ter a mesma consideração com todas as vítimas e reconhecer os danos injustos causados pelas suas atividades. Gostaria por isso que o fim tivesse uma fundamentação ética”.

Associações de vítimas do terrorismo já criticaram o comunicado, que consideram insuficiente, vergonhoso e imoral, por fazer a distinção entre as vítimas relacionadas ou não com o conflito.