EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Notas de Comey chegam ao Congresso norte-americano

Notas de Comey chegam ao Congresso norte-americano
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

No total são 15 páginas que documentam algumas das conversas entre o antigo diretor do FBI e o Presidente norte-americano

PUBLICIDADE

O Departamento de Justiça dos Estados Unidos já entregou o memorando do ex-diretor do FBI aos comités do Congresso. Em causa estão notas tomadas por James Comey que documentam algumas das conversas com o Presidente norte-americano. Um dos documentos remonta a janeiro de 2017 e descreve uma conversa sobre prostitutas russas, outro fala sobre a relação do Presidente com o então conselheiro de segurança nacional. Num desses encontros, Trump terá pedido ao então diretor do FBI para que pusesse fim a uma investigação sobre Michael Flynn que acabaria por ser despedido em fevereiro de 2017.

A resposta de Trump chegou através do Twitter. "O memorando de James Comey mostra que não houve conluio ou obstrução. Ele também divulgou informação classificada. Vai a caça às bruxas continuar?" escreve o Presidente dos Estados Unidos.

O antigo diretor do FBI foi despedido por Donald Trump em maio do ano passado. Comey que já considerou Trump moralmente inapto para ser Presidente acaba de lançar o livro de memórias intitulado "Uma Lealdade Superior: Verdade, Mentira e Liderança." Uma obra que já se tornou um sucesso de vendas.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Biden apela à libertação de jornalistas no jantar dos correspondentes de imprensa

Mike Pence: "A maioria dos norte-americanos acredita no nosso papel de líderes do mundo livre"

Homem imolou-se no exterior do tribunal onde Donald Trump está a ser julgado