EventsEventosPodcasts
Loader
Encontra-nos
PUBLICIDADE

Ministros do G7 condenam Rússia

Ministros do G7 condenam Rússia
Direitos de autor REUTERS/Fred Thornhill
Direitos de autor REUTERS/Fred Thornhill
De  Rodrigo Barbosa com AFP / EFE / Reuters
Publicado a
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Reunidos em Toronto, chefes da diplomacia do G7 denunciam ataques de Moscovo contra sistemas democráticos

PUBLICIDADE

Reunidos em Toronto, no Canadá, os ministros dos Negócios Estrangeiros do G7 fizeram frente comum face à Rússia, condenando os ataques e interferências de Moscovo contra sistemas democráticos.

A chefe da diplomacia canadiana, Chrystia Freeland, anfitriã do encontro, afirmou que partilham todos "profundas preocupações" acerca do que interpretam como "um vasto padrão de comportamento inaceitável, incluíndo nomeadamente o ataque com um agente neurotóxico no Reino Unido".

Os ministros reunidos em Toronto concordaram na formação de um grupo de trabalho para estudar o "comportamento maligno" da Rússia até à cimeira do G7 no Quebeque, a 8 e 9 de junho, para elaborar uma resposta comum mais dura, que poderá passar por nova sanções.

Em deslocação à China, onde foi recebido pelo presidente Xi Jinping, o chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, classificou a reunião de Toronto como "russofóbica". O parlamento russo também estará a trabalhar numa série de sanções de retaliação, que poderão ser adotadas já no fim de Maio.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

União Europeia e Canadá criam Aliança Verde

Canadá promete mais 450 milhões de euros em armamento à Ucrânia

Porque é que os helicópteros estão a lançar chamas nas florestas do Canadá?