Última hora

Última hora

Ministros do G7 condenam Rússia

Em leitura:

Ministros do G7 condenam Rússia

Ministros do G7 condenam Rússia
@ Copyright :
REUTERS/Fred Thornhill
Tamanho do texto Aa Aa

Reunidos em Toronto, no Canadá, os ministros dos Negócios Estrangeiros do G7 fizeram frente comum face à Rússia, condenando os ataques e interferências de Moscovo contra sistemas democráticos.

A chefe da diplomacia canadiana, Chrystia Freeland, anfitriã do encontro, afirmou que partilham todos "profundas preocupações" acerca do que interpretam como "um vasto padrão de comportamento inaceitável, incluíndo nomeadamente o ataque com um agente neurotóxico no Reino Unido".

Os ministros reunidos em Toronto concordaram na formação de um grupo de trabalho para estudar o "comportamento maligno" da Rússia até à cimeira do G7 no Quebeque, a 8 e 9 de junho, para elaborar uma resposta comum mais dura, que poderá passar por nova sanções.

Em deslocação à China, onde foi recebido pelo presidente Xi Jinping, o chefe da diplomacia russa, Sergei Lavrov, classificou a reunião de Toronto como "russofóbica". O parlamento russo também estará a trabalhar numa série de sanções de retaliação, que poderão ser adotadas já no fim de Maio.