Elevada abstenção marca legislativas no Líbano

Elevada abstenção marca legislativas no Líbano
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

De acordo com as projecções, o grupo xiita Hezbollah, apoiado pelo Irão, pode sair reforçado nestas eleições, mas ao que tudo indica, o primeiro-ministro deve continuar a ser o sunita Saad al-Hariri.

PUBLICIDADE

Uma taxa de participação muito baixa marcou as eleições legislativas deste domingo no Líbano. Apenas 49% dos eleitores libaneses foram às urnas. Recorde-se que há nove anos, mas últimas eleições a participação foi de 54%.

Esta descida vem contrariar os defensores da nova lei eleitoral do país, baseada na representação proporcional, que em teoria deveria gerar uma menor abstenção.

De acordo com as projecções, o grupo xiita Hezbollah, apoiado pelo Irão pode sair reforçado nestas eleições, mas ao que tudo indica, o primeiro-ministro deve continuar a ser o sunita Saad al-Hariri.

Os votos já começaram a ser contados mas os resultados definitivos só serão conhecidos esta segunda-feira.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Borrell no Líbano: "Este conflito é a última coisa de que o país precisa"

France Press acusa Israel de atacar deliberadamente jornalistas

Líder do Hezbollah alerta para possibilidade de "guerra total" no Médio Oriente