Última hora

Eleições no Iraque sem favorito à vitória

Eleições no Iraque sem favorito à vitória
Direitos de autor
REUTERS/Ari Jalal
Tamanho do texto Aa Aa

São as primeiras eleições nacionais no Iraque após a declaração de vitória sobre o Daesh e não há quem arrisque previsões sobre o vencedor. Há 87 partidos e 7 mil candidatos aos 329 assentos no parlamento.

Ao que tudo indica, o escrutínio já ficou marcado pela explosão de um carro armadilhado em Kirkuk, que terá feito, pelo menos, três mortos.

O atual Presidente Haider al-Abadi enfrenta a concorrência dos antigos primeiro-ministro Nuri al-Maliki e ministro Hadi al-Amiri, que têm ligações ao Irão.

Pela primeira vez, os partidos xiitas, que dominaram a vida política iraquiana nos últimos 15 anos, não se apresentam com uma lista única, devido a divisões internas. O mesmo acontece com curdos e sunitas.

Esta sexta-feira, uma grande reportagem da VICE para a HBO mostrava a crescente influência do Irão no Iraque, facto que pode ser determinante no resultado.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.