Desmantelada rede de contrabando de armas de guerra

Desmantelada rede de contrabando de armas de guerra
Direitos de autor 
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

Operação envolveu várias forças policiais europeias

PUBLICIDADE

Pistolas, kalashnikov e metralhadoras fazem parte de uma longa lista de apreensões. 14 pessoas foram detidas no âmbito de uma ação policial conjunta a nível europeu que serviu para desmantelar uma rede de contrabando de armas de guerra.

A operação "Kolumb" foi coordenada pelo Serviço Europeu de Polícia (EUROPOL) em conjunto com a Guardia Civil espanhola e agentes do Núcleo Investigativo da cidade italiana de Gorizia, a poucos quilómetros da Eslovénia.

"Tratava-se de uma associação criminal perigosa composta por cidadãos eslovenos, croatas e bósnios envolvidos no contrabando clandestino de armas de guerra de países da ex-Jugoslávia. As armas destinavam-se a mercados ilegais em vários países europeus e o território italiano servia de país de trânsito", sublinhou Alessandro Carboni, responsável pelo comando da polícia da província de Gorizia.

A investigação durou vários meses. Em abril a polícia italiana parou um Peugeot 206, com matrícula suíça, vindo da Eslovénia e com um cidadão bósnio a bordo. No interior estava um arsenal de guerra.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Ministro do Interior britânico visita Itália para discutir formas de lidar com a imigração ilegal

Lei que permite ativistas pró-vida entrar em clínicas de aborto segue para o Senado italiano

Festival internacional de papagaios voadores regressa à praia do Norte de Itália