Última hora

Última hora

Itália "irritada" com foco da cimeira informal sobre imigração

Em leitura:

Itália "irritada" com foco da cimeira informal sobre imigração

Itália "irritada" com foco da cimeira informal sobre imigração
@ Copyright :
REUTERS/Hannibal Hanschke
Tamanho do texto Aa Aa

Itália ameaça virar as costas aos parceiros europeus, na mini-cimeira de domingo em Bruxelas, centrada na questão da imigração.

Num encontro esta quarta-feira com o presidente do Concelho Europeu, Donald Tusk, o primeiro-ministro italiano exprimiu o desacordo com o esboço do documento preparado pela Comissão Europeia para a reunião de Bruxelas, que segundo Roma dá prioridade às preocupações alemãs em detrimento de Itália.

No Twitter, Giuseppe Conte afirmou não estar "disponível para debater 'movimentos secundários', sem debater primeiro a emergência dos 'movimentos primários' que a Itália enfrenta sozinha".

O ministro italiano do Interior e líder da extrema-direita Matteo Salvini disse mesmo que Conte deveria boicotar a cimeira informal de domingo, se o documento não for alterado. Segundo Roma, o encontro convocado pelo presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a pedido da chanceler alemã, dá demasiada prioridade às preocupações políticas de Angela Merkel, em detrimento da longa queixa italiana de que vários países europeus não fazem o suficiente para ajudar as nações costeiras que vêem chegar a maioria dos refugiados.