Última hora

Última hora

Tsipras de gravata para celebrar fim do programa de resgate

Em leitura:

Tsipras de gravata para celebrar fim do programa de resgate

Tsipras de gravata para celebrar fim do programa de resgate
@ Copyright :
REUTERS/Costas Baltas
Tamanho do texto Aa Aa

Ainda que apenas de forma temporária, Alexis Tsipras pôs uma gravata para marcar o fim do programa de resgate à Grécia. Foi desta forma, cumprindo assim a promessa feita quando foi eleito em 2015, que o primeiro-ministro grego celebrou o acordo concluído pelos ministros das Finanças da Zona Euro acerca das modalidades da saída do terceiro programa de assistência a Atenas.

Tsipras afirmou: "As apostas devem ser honradas, quando alguém o merece. Para dizer a verdade, tenho alguma dificuldade [em usar a gravata], mas irei habituar-me. Lutei de uniforme, sem gravata, em encontros oficiais e informas, e continuarei a lutar. O gregos continuarão a ganhar muitos combates. Ganhámos uma batalha, mas não a guerra".

O Eurogrupo prevê o fim do terceiro programa de resgate para 20 de agosto. Entre as medidas decididas, ficou a extensão por 10 anos do prazo de pagamento dos empréstimos do Fundo Europeu de Estabilização Financeira e a atribuição de uma última tranche de 15 mil milhões de euros que permite a Atenas sair do programa com uma "almofada" de 24,1 mil milhões de euros.

A ministra grega do Trabalho, Efi Achtsioglou, diz que "a decisão do Eurogrupo garante o equilíbrio económico do país, não só a curto prazo, como também a médio e longo prazo".

O ministro grego do Ambiente, Giorgos Stathakis, acrescenta que ao "formalizar o fim do programa de resgate", o Eurogrupo "tomou uma decisão [...] que cria uma paisagem segura para o dia seguinte da economia grega".

Mas, enquanto os gregos estarão de olhos no primeiro-ministro para ver se passará adotar ou não de forma permanente um "look" mais formal, o Eurogrupo deixou claro que manterá uma vigilância pós-programa reforçada.