Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Gorongosa: um caminho para o futuro

Gorongosa: um caminho para o futuro
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Parque Nacional da Gorongosa em Moçambique.

No final da guerra civil 90% da vida selvagem tinha desaparecido.

Hoje, para além de ser um dos maiores ecossistemas do país, o parque é a casa de um centro de atividade cientifica concebido para explorar, documentar e proteger a biodiversidade do Parque.

Amemarlita de Matos é aluna do mestrado em Biologia de Conservação:

“Todos os dias descobrimos coisas novas e temos a grande oportunidade de conhecer outros investigadores que vêm cá. Podemos aprender coisas novas de áreas muito diferentes”.

Ana Ribeiro, que integra o corpo docente do mestrado, destaca as novas metodologias disponíveis para professores e alunos:

"É uma nova metodologia, com novas técnicas muito ligadas à investigação, muito práticas. É muito diferente para todos nós. É uma abordagem completamente diferente".

Abordagens diferentes em várias áreas de pesquisa. Uma das apostas é a Paleontologia.

René Bobe é paleontólogo e professor na Universidade de Oxford e no Centro de Investigação do Parque Nacional da Gorongosa:

"Usamos a paleontologia de um ângulo que não é apenas académico. Usamos a paleontologia de uma forma que pode ser útil para decisões de gestão e conservação".

Considerado um dos lugares da Terra com mais "biodiversidade", Gorongosa é agora local de estudo para a próxima geração de biólogos e estudantes da preservação da vida selvagem.