Última hora

Última hora

Britânicos recebem Donald Trump com protestos

Em leitura:

Britânicos recebem Donald Trump com protestos

Britânicos recebem Donald Trump com protestos
@ Copyright :
REUTERS/Hannah McKay
Tamanho do texto Aa Aa

Donald Trump está no Reino Unido para uma visita de quatro dias, a primeira que faz ao país enquanto presidente dos Estados Unidos da América.

Uma viagem a terras de sua majestade que promete ser tumultuosa.

Donald Trump vai encontrar-se com a rainha Isabel II e, também, com a primeira-ministra Theresa May. A reunião entre os dois líderes ocorre depois das críticas do presidente norte-americano à maneira como May está a conduzir as conversações do Brexit.

Estão programadas, um pouco por todo o Reino Unido, ações de protesto contra Donald Trump.

Segundo uma sondagem da YouGov, 77% dos britânicos desaprovam o presidente norte-americano.

"Ele não está a fazer a América grande. Ele é uma desgraça. É por isso que estamos todos aqui. É por isso que estou aqui", afirma Pam Foley, uma norte-americana a residir no Reino Unido.

Para o norte-americano Martin Williams, Donald Trump "assumiu o controlo do meu país. Ele é um aspirante a ditador. Está a deter crianças, arrancando-as às suas famílias. E a lista continua. Ele está a destruir todas as normas do que costumava ser uma grande democracia na América."

Um balão gigante, representando Donald Trump como um bebé, vai flutuar nos céus de Londres durante a visita do presidente norte-americano. Uma ação autorizada pelo autarca londrino, Sadiq Khan, com quem Trump teve vários embates nas redes sociais.

Apesar das hostilidades declaradas pela maioria dos britânicos, em Londres existe um bar que manifesta abertamente o apoio a Donald Trump, o "Trump Arms".