Última hora
This content is not available in your region

Comissão Europeia revê em baixa crescimento da Zona Euro para 2018

Access to the comments Comentários
De  Euronews
euronews_icons_loading
Comissão Europeia revê em baixa crescimento da Zona Euro para 2018
Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas reviu em baixa a previsão de crescimento da Zona Euro para 2018.

O conflito comercial com os Estados Unidos da América e as perturbações políticas dentro do bloco europeu ameaçam o impulso económico.

Segundo o relatório trimestral da Comissão Europeia, divulgado esta quinta-feira, o Produto Interno Bruto da Zona Euro deverá crescer 2,1%, este ano, abaixo dos 2,3% estimados em maio.

Para 2019, o PIB deverá avançar 2%, em linha com as previsões anteriores.

"A confiança dos investidores, por um lado, e as atividades económicas, por outro, não recuperaram na primavera devido às tensões comerciais com os Estados Unidos, devido às incertezas políticas em alguns Estados-membros e, também, por causa do aumento do preço do petróleo", afirmou o comissário europeu para os assuntos Económicos e Financeiros, Pierre Moscovici.

Em junho, o presidente, Donald Trump, impôs tarifas ao aço e alumínio europeus, motivando retaliações da Europa contra os produtos norte-americanos. A Casa Branca ameaça aumentar as taxas aduaneiras aos automóveis europeus. Internamente, Itália desafia as regras da União Europeia. Todos estes fatores que podem inibir o crescimento económico.

Segundo o vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, "podemos ver que o ambiente externo, incluindo a crescente tensão comercial, está a afetar negativamente a confiança e, consequentemente, os indicadores do crescimento económico".

Bruxelas reviu, também, em baixa o crescimento da economia portuguesa, para 2018, de 2,3% para 2,2%.