EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Trump com baixas expectativas para encontro com Putin em Helsínquia

Trump com baixas expectativas para encontro com Putin em Helsínquia
Direitos de autor REUTERS/Jorge Silva/File Photo
Direitos de autor REUTERS/Jorge Silva/File Photo
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A cimeira entre os presidentes dos Estados Unidos da América e da Rússia ocorre numa das mais tensas conjunturas para o Ocidente, desde a queda da União Soviética em 1991. Depois de uma semana de críticas aos aliados europeus, Trump acredita que esta conversa poderá ter um resultado positivo.

PUBLICIDADE

São baixas as expectativas de Donald Trump para o encontro desta segunda-feira, em Helsínquia, na Finlândia com Vladimir Putin.

A cimeira entre os presidentes dos Estados Unidos da América e da Rússia ocorre numa das mais tensas conjunturas para o Ocidente, desde a queda da União Soviética em 1991. Depois de uma semana de críticas aos aliados europeus, Trump acredita que esta conversa poderá ter um resultado positivo.

"Ter reuniões com a Rússia, com a China ou com a Coreia do Norte... Acredito nisso. Nada de mal vai resultar disso, e talvez resulte algo de bom, mas vou com poucas expectativas. Não vou com as expectativas muito elevadas", assegura o presidente norte-americano.

Vladimir Putin recebeu, este domingo, o presidente francês, Emmanuel Macron, na ocasião da final do Campeonato do Mundo de Futebol que decorreu na Rússia.

Os dois chefes de Estado sublinharam o reatar do diálogo entre os dois países.

Na capital finlandesa, cerca de duas mil e quinhentas pessoas encheram, este domingo, as ruas em protesto contra as políticas de Donald Trump e de Vladimir Putin.

Os manifestantes promoveram, em Helsínquia, o respeito pelos Direitos Humanos, a proteção do ambiente e da democracia.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Jornalista expulso da conferência de imprensa em Helsínquia

Biden diz que Putin "já perdeu a guerra" na Ucrânia

Putin enaltece comércio bilateral no último dia da sua visita à China