Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Rali Rota da Seda: Mathieu Serradori e Andrey Karginov vencedores da quarta etapa

Rali Rota da Seda: Mathieu Serradori e Andrey Karginov vencedores da quarta etapa
Tamanho do texto Aa Aa

O líder de ontem nos carros, Harry Hunt teve um mau dia na quarta etapa do Rali Rota da Seda de 2018. A suspensão dianteira do seu Peugeot 3008 DKR Maxi n°107 falhou e o piloto britânico teve que esperar por ajuda para repará-lo, perdendo 2 horas.

Depois dos problemas de ontem, Nasser Al Attiyah “voou” pela etapa fora. Apesar do seu ter sido um dos últimos (o 26°) carros a arrancar, o piloto recuperou grande parte do tempo perdido, até se deparar outra vez com um problema mecânico no diferencial do seu Toyota Hilux n°101.

E quem beneficiou do acontecido foi o novo líder do rali Yazeed Al Rajhi, que ganhou terreno a caminho da meta. No entanto, o saudita teve alguns problemas de navegação com o seu MINI John Cooper Works n°103, que o levaram a perder a vitória, ao fim dos 366 kms do percurso, a favor do francês Mathieu Serradori por apenas 1 segundo. O Buggy SRT n°108 de tração a duas rodas de Serradori revelou-se mais competente para fazer face ao terreno anómalo da fase final da etapa.

Na classificação geral, Al Rajhi é o novo líder, com 46 minutos de vantagem sobre Serradori.

Na categoria dos camiões, a vitória coube a o russo Andrey Karginov, cujo Kamaz-Master n°309 teve os menores problemas durante a etapa, logo seguido menos de um minuto mais tarde pelo holandês Maarten Van Den Brink (Renault Sherpa n°304). Apesar da dificuldade do percurso, Karginov reduziu a metade o seu tempo de diferença em relação a Dmitry Sotnikov (Kamaz-Master n°300), que apesar de ter perdido 20 minutos com vários problemas mecânicos, continua a liderar na classificação geral.

Amanhã o rali retomará o percurso ao longo do rio Volga em direção a Moscovo, para as últimas três etapas do evento deste ano.