Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Os fãs reagem à morte de Aretha Franklin

Os fãs reagem à morte de Aretha Franklin
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

No coração do Harlem, em Nova Iorque, o Apollo Theater vestiu-se de luto para assinalar a morte da rainha da música da Soul music. Pequenas e grandes, muitas as orações ditas para Aretha Frankiln.Milhares de pessoas lamentaram a morte da diva, como DJ Tennesse: "Alguém como ela transcende o género. Sim, ela era a rainha da Soul, sem dúvida, mas ela transcende a Soul music. Quero dizer, é acessível a todos. Aquela voz... só precisas de sentir. É só alma - sabes que é quando ouves."

Omar Sinclair conhece bem todo o trabalho de Franklin:

"É intemporal, sabes? É uma daquelas coisas que, quando estás descansado em casa, com a mulher ou outra pessoa qualquer, com os miúdos, e pões a tocar - ou com amigos! -, podes vibrar com isto, sabes? Não tem preço e é intemporal. Gostava que existissem mais coisas assim."

Barak Obama, antigo presidente dos Estados Unidos, disse que "Aretha ajudou a definir a experiência americana. Na sua voz, sentiamos a nossa história."

A diva cantou por mais do que uma vez ao antigo presidente e protagonizou um dos mais memoráveios momentos de uma tomada de posse nos Estados Unidos.