Adiada parada militar desejada por Trump

Adiada parada militar desejada por Trump
De  Euronews
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

O Presidente dos EUA já defendia a ideia de uma parada militar em Washington antes de ser eleito e mostrou-se ainda mais impressionado com o desfile militar do Dia da Bastilha, em Paris, quando foi recebido pelo homólogo francês

PUBLICIDADE

Estava originalmente prevista para o mês de novembro mas afinal a parada militar desejada por Donald Trump só deverá acontecer em 2019.

O Pentágono confirmou isso mesmo depois das informações que vieram a público esta quinta-feira.

De acordo com fontes, citadas pelas agências de notícias Associated Press e France-Presse, os custos do evento superam os 80 milhões de euros. Mais do triplo do valor inicialmente previsto.

Seduzido pelo desfile militar francês do 14 de julho, o Presidente dos EUA defendeu a organização de um desfile semelhante por ocasião do feriado nacional de 4 de Julho, em Washington. Uma oportunidade para os americanos reconhecerem os militares mas que foi criticada pelos opositores que invocaram uma postura própria de um dirigente de um regime autocrático.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Flor-cadáver desabrochou em São Francisco

Donald Trump excluído do boletim de voto no Illinois

Líder republicano Mitch McConnell deixa Senado ao fim de 40 anos