Última hora

Última hora

Funerais de Estado em Génova

Em leitura:

Funerais de Estado em Génova

Funerais de Estado em Génova
Tamanho do texto Aa Aa

19 vítimas da queda da Ponte Morandi, em Génova, tiveram este sábado um funeral de Estado que mobilizou toda a cidade e contou com a presença do primeiro-ministro e do Presidente da República de Itália.

São agora pelo menos 43, as vítimais mortais da queda da Ponte Morandi.

"A queda da ponte Morandi, sobre o Polcevera, rasgou o coração de Génova. A profunda ferida é causada sobretudo pela enorme dor pelos que perderam a vida ou estão desaparecidos. Pe los seus familiares, pelos feridos e pelos que ficaram sem casa," disse o Cardeal Angelo Bagnasco, Arcebispo de Génova.

Uma cerimónia ecuménica transmitida em direto pelas televisões italianas..

19 famílias preferiram homenagens privadas. Nápoles já tinha acolhido, sexta-feira, os primeiros quatro funerais das vítimas do colapso da Ponte Morandi.