Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Tensão entre Saviano e Salvini sobre de tom

Tensão entre Saviano e Salvini sobre de tom
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Os 177 migrantes que continuam impedidos de abandonar o navio da Diciotti, atracado no Porto de Catânia, são o ponto de partida de mais um capítulo da guerra verbal entre Roberto Saviano e o ministro italiano do Interior, Matteo Salvini.

O escritor e jornalista antimáfia disse que a postura de Salvini em relação ao caso foi uma "apreensão de Estado." Sublinhou que este infringiu a Constituição, que não se trata de política mas de insurgência e que o ministro merece a cadeia.

Matteo Salvini também recorreu ao Twitter para o contra-ataque. Disse que Saviano regressou com o humor estúpido.

O duelo começou quando o líder do partido de extrema-direita Liga tinha ameaçado a suspensão da proteção policial de Saviano, garantida por causa das ameaças feitas por um clã da máfia napolitana Camorra.

O autor do livro "Gomorra" acusou Salvini de ser um "ministro do submundo" num tweet sobre mortes de migrantes. Salvini processou o crítico feroz por alegada difamação.