Última hora

Última hora

Bolton alerta Rússia para não interferir nas eleições de meio mandato

Em leitura:

Bolton alerta Rússia para não interferir nas eleições de meio mandato

Bolton alerta Rússia para não interferir nas eleições de meio mandato
Tamanho do texto Aa Aa

Um aviso à Rússia. O conselheiro de segurança nacional dos Estados Unidos, John Bolton, anunciou ter alertado Moscovo para as consequências de uma interferência russa nas eleições norte-americanas de meio mandato. "Tornei claro que não vamos tolerar interferências em 2018 e estamos preparados para tomar as medidas necessárias para prevenir que isso aconteça", disse Bolton, depois de um encontro de cinco horas em Genebra com o líder do Conselho de Segurança Nacional russo, Nikolai Patrushev,

Bolton disse também ter abordado a questão de reforçar as sanções económicas ao Irão e uma possível e gradual redução da presença iraniana na Síria. Nesse país, Bolton declarou que Washington irá responder com firmeza se Damasco recorrer a ataques químicos para reconquistar Idlib aos rebeldes.

A televisão estatal "Russia Today" citou Patrushev num tweet. Disse que os Estados Unidos apenas quiseram reafirmar um único ponto em comum e Moscovo apresentou uma longa lista.

No domingo, o homem forte de Donald Trump para a segurança nacional, encontrou-se com o primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu e esta sexta-feira vai estar na Ucrânia.