EventsEventos
Loader

Find Us

FlipboardLinkedin
Apple storeGoogle Play store
PUBLICIDADE

Satélite meteorológico com tecnologia portuguesa já está em órbita

Satélite meteorológico com tecnologia portuguesa já está em órbita
Direitos de autor 
De  Rodrigo Barbosa com EFE / AFP
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

O satélite Aeolus (ou Éolo, em português) da Agência Espacial Europeia, que promete revolucionar as previsões meteorológicas e conta com tecnologia portuguesa, já está em órbita

PUBLICIDADE

Chama-se Aeolus, ou Éolo - em português -, um nome inspirado no guardião dos ventos da mitologia grega e já está em órbita, pronto a mudar o futuro das observações meteorológicas.

Lançado esta quinta-feira do Centro Espacial de Kourou, na Guiana francesa, a bordo de um foguetão Vega, trata-se de um dos mais inovadores satélites de observação da Agência Espacial Europeia e conta com tecnologia portuguesa.

Duas empresas aeronáuticas portuguesas, a Omnidea e a LusoSpace, fabricaram instrumentos e componentes essenciais ao bom funcionamento do Éolo.

Até agora, os meteorologistas dependiam nomeamente de balões, instrumentos em terra ou aeronaves para obter informações dos ventos e efetuar previsões.

Com recurso a um poderoso laser chamado Aladin, o satélite vai observar a direção e velocidade dos ventos a uma altitude de 30 quilómetros, com grande precisão, de uma forma global e quase em tempo real.

Observações que, esperam os especialistas, permitirão uma melhor previsão e acompanhamento de fenómenos climatéricos extremos, como o El Niño.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Lançamento do foguetão Falcon 9 da SpaceX acontece este noite após ter sido adiado

Agência Espacial Europeia selecionou cinco novos astronautas entre mais de 20 mil candidatos

Rússia aborta lançamento do foguetão Angara-A5 a minutos da descolagem