Última hora

Última hora

"Kindertransport": As crianças que fugiram do Holocausto

Em leitura:

"Kindertransport": As crianças que fugiram do Holocausto

"Kindertransport": As crianças que fugiram do Holocausto
Tamanho do texto Aa Aa

Aos 85 anos, Dave Lux não mostra qualquer hesitação quando lhe pedimos para recordar os nomes das crianças que, juntamente com ele, escaparam sozinhas ao avanço do nazismo.

Este episódio histórico ficou conhecido como "Kindertransport" e envolveu mais de 10 mil crianças judias enviadas para Inglaterra pelas famílias, que muitas nunca mais viriam a ver, salvando-as assim dos campos de concentração. E é este o fundamento da exposição que abriu portas no Museu do Holocausto de Los Angeles.

"Temos sempre muito a aprender com a História. Esta mostra assenta na importância de olhar para a atualidade e na importância de aprender com o passado. Um dos meus objetivos foi integrar citações pessoais dos sobreviventes para revelar a ansiedade, a dor, a tristeza, o terror entre aqueles que foram arrancados da sua terra natal", sublinha a curadora, Jordanna Gessler.

Lux viria a descobrir que foi salvo por Nicholas Winton, um britânico que conseguiu resgatar 669 crianças de uma Checoslováquia ocupada, em 1939.

A exposição decorre até ao último dia deste ano.

Mais sobre Cult