Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.

Última hora

Última hora

Mini-barras de ouro e criptomoeda para relançar economia venezuelana

Mini-barras de ouro e criptomoeda para relançar economia venezuelana
Tamanho do texto Aa Aa

Expositores e prateleiras vazias nos supermercados e farmácias da Venezuela, quando se cumpre uma semana da implementação de várias medidas de Nicolás Maduro para tentar relançar a economia, uma das quais a regulação de preços de bens considerados como "básicos" por Caracas.

Esta segunda-feira, o presidente venezuelano anunciou uma oferta de obrigações garantidas pelo que chamou de "mini-barras de ouro" para tentar motivar a poupança entre a população, que tem visto evaporar-se a moeda local com a hiperinflação, que o Fundo Monetário Internacional estima que, em 2018, atinja o patamar de 1.000.000%.

O governo de Maduro ordenou também aos bancos que adoptem como "unidade de medida" o petro, a criptomoeda venezuelana, em paralelo com o bolivar, a moeda nacional. Os preços e salários venezuelanos passarão a ser fixados nas duas moedas.

Caracas espera que a medida ajude a contornar a falta de liquidez e as sanções financeiras dos Estados Unidos.