Última hora

Última hora

Incêndio em ferry na Grécia gera aflição

Em leitura:

Incêndio em ferry na Grécia gera aflição

Incêndio em ferry na Grécia gera aflição
Tamanho do texto Aa Aa

Não ganharam para o susto os mais de 800 passageiros de um ferry que se incendiou quando se dirigia para Chania, na ilha grega de Creta.

A angústia dos passageiros só terminou horas depois, quando o barco voltou para o porto de Pireus e puderam desembarcar, ainda com o ferry em chamas.

"Como é que não havíamos de ter medo? O meu neto de 9 anos estava literalmente pendurado nas minhas costas. Depois, de vestirem os coletes salva-vidas, as pessoas acalmaram-se e ficámos todos à espera no convés, a ver o que acontecia", conta Konstantinos Stogiannis, um dos passageiros.

Os mais de cem elementos da tripulação já tinham contido o incêndio quando o ferry atracou em Pireus. Mas os bombeiros tiveram dificuldades no combate às chamas por causa do fumo. "Esta é uma situação muito difícil, porque o espaço dentro do barco é limitado e porque o fogo foi num sítio em que havia carros e camiões", realçou Vasilis Mathaiopoulos, o chefe dos bombeiros.

Havia 80 camiões e 152 carros a bordo do navio.

Durante o incêndio, nove barcos da guarda costeira, um cargueiro e três barcos de passageiros foram mobilizados, para o caso de serem necessários.

"Quando a porta do navio se abriu havia uma espessa nuvem de fumo negro. Os bombeiros localizaram imediatamente o sítio onde o incêndio tinha começado. De acordo com a informação, seria um camião que transportava plástico. As autoridades estão a investigar as causas", disse a correspondente da Euronews Fay Doulgkeri.