Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Dólar continuará a "confiar em Deus"

Dólar continuará a "confiar em Deus"
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

Um tribunal federal de recurso decretou que a inscrição "In God We Trust" - ou "Confiamos em Deus", em português - nas moedas e notas de dólar não viola os princípios da liberdade de expressão e religião inscritos na Constituição dos Estados Unidos.

A instância de St. Paul, no Minnesota, rejeitou assim a queixa apresentada por um grupo de 29 ateus apoiados por várias associações civis, que defendiam que inscrever o lema nacional nas divisas é contrário aos direitos definidos na Primeira Emenda.

A inscrição "In God We Trust" começou a aparecer nas moedas dos Estados Unidos em 1864, durante a Guerra Civil. Em 1956, o presidente Dwight Eisenhower assinou uma lei que transformou a expressão no lema nacional e, a partir dos anos 60, foi também inscrita nas notas de dólar.