A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Pico de casos de febre do Nilo Ocidental

Pico de casos de febre do Nilo Ocidental
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A Europa está em alerta com o aumento de casos de febre do Nilo Ocidental.

A época da transmissão do vírus na Europa acontece, por norma, entre julho e outubro. A temporada ainda vai a meio mas já atingiu mais pessoas do que no ano passado, são quase o triplo de casos.

Estes são os últimos dados do Centro Europeu para a Prevenção e Controlo da Doença. Os países mais afetados são a Sérvia, Itália e a Grécia.

Itália registou 327 casos, a Sérvia 213; Grécia 147; Roménia 117; Hungria 96; Israel 49; e França 11.

Quando ao número de vítimas mortais: 21 mortos na Sérvia, 16 na Grécia, 13 em Itália e há registo de uma morte em França.

As variações da temperatura e precipitação podem impulsionar a transmissão da febre do Nilo Ocidental, um vírus transmitido através da picada do mosquito. As temperaturas elevadas podem ajudar à multiplicação do vírus e a diminuir o período de incubação.