Última hora

Última hora

Glamour e estrelas de Hollywood no segundo Festival de Cinema de El Gouna

Em leitura:

Glamour e estrelas de Hollywood no segundo Festival de Cinema de El Gouna

Glamour e estrelas de Hollywood no segundo Festival de Cinema de El Gouna
Tamanho do texto Aa Aa

O glamour da sétima arte volta, pelo segundo ano consecutivo, à estância balnear de El Gouna, na costa leste do Egito.

Apesar de estar apenas na sua segunda edição, o Festival de Cinema de El Gouna já foi apelidado de "Festival de Cannes do Médio Oriente". O lema para 2018 é "Cinema para a Humanidade".

A atriz e cantora libanesa Maya Diab diz que "foi surpreendente para todos, ter este evento a um nível que lhe permite competir com qualquer outro festival internacional".

A atriz egípcia Mona Zaki explica que se sente "muito orgulhosa de fazer parte do júri, ao lado de artistas importantes que fizeram tantas coisas, tanto no Médio Oriente como pelo resto do mundo". Acrescenta que "é uma grande honra" e que está "bastante excitada com os filmes e as escolhas feitas".

Vários dos filmes que competem pela Estrela de Ouro, o principal galardão do festival, não esquecem as problemáticas e conflitos regionais.

O crítico de cinema iraquiano Intishal al-Tamimi, escolhido para dirigir o evento afirma que "o cinema deve exprimir os problemas que nos rodeiam. Quando escolhemos filmes, escolhemos em função do valor artístico e da nova linguagem do filme em questão. Estes são os fatores mais importantes mas, ao mesmo tempo, não podemos afastar-nos dos problemas dos refugiados e devemos também abordar casos relacionados com a humanidade e os direitos humanos".

O evento conta também com a presença de estrelas de Hollywood, como Sylvester Stallone, distinguido com um prémio de carreira, ou o britânico Clive Owen, homenageado na abertura do Festival de El Gouna.