EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Portugal Masters: Um australiano na frente, um albatroz belga e um francês de cuecas

Portugal Masters: Um australiano na frente, um albatroz belga e um francês de cuecas
Direitos de autor 
De  Bruno Sousa
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button

Matthieu Pavon protagoniza um raro momento livre de preconceitos no primeiro dia do Portugal Masters

PUBLICIDADE

Lucas Herbert terminou o primeiro dia do Portugal Masters na frente ao concluir os dezoito buracos em 63 pancadas, oito abaixo do par. O australiano persegue a primeira vitória da carreira e concluiu a ronda com uma pancada de vantagem sobre um trio de perseguidores.

Ricardo Gouveia foi o melhor português na jornada inaugural em Vilamoura e terminou o dia a quatro pancadas da liderança.

O melhor momento foi autoria de Nicolas Colsaerts, o belga, segundo classificado no torneio português em 2014, assinou um raro albatroz ao completar o décimo segundo buraco três pancadas abaixo do par. Nunca ninguém tinha cometido tal proeza no Portugal Masters.

Ainda mais raro que o albatroz, no entanto, foi o episódio protagonizado por Matthieu Pavon. Nem o chapéu resistiu ao francês, obrigado a molhar os pés para executar a pancada no sexto buraco.

Editor de vídeo • Bruno Sousa

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Nos bastidores do Troféu Hassan II, o mais famoso torneio de golfe de Marrocos

Tubarões-baleia avistados na Ilha de Santa Maria nos Açores

"Assalto à Hollywood" que correu mal