Última hora

Última hora

Portugal Masters: Um australiano na frente, um albatroz belga e um francês de cuecas

Em leitura:

Portugal Masters: Um australiano na frente, um albatroz belga e um francês de cuecas

Portugal Masters: Um australiano na frente, um albatroz belga e um francês de cuecas
Tamanho do texto Aa Aa

Lucas Herbert terminou o primeiro dia do Portugal Masters na frente ao concluir os dezoito buracos em 63 pancadas, oito abaixo do par. O australiano persegue a primeira vitória da carreira e concluiu a ronda com uma pancada de vantagem sobre um trio de perseguidores.

Ricardo Gouveia foi o melhor português na jornada inaugural em Vilamoura e terminou o dia a quatro pancadas da liderança.

O melhor momento foi autoria de Nicolas Colsaerts, o belga, segundo classificado no torneio português em 2014, assinou um raro albatroz ao completar o décimo segundo buraco três pancadas abaixo do par. Nunca ninguém tinha cometido tal proeza no Portugal Masters.

Ainda mais raro que o albatroz, no entanto, foi o episódio protagonizado por Matthieu Pavon. Nem o chapéu resistiu ao francês, obrigado a molhar os pés para executar a pancada no sexto buraco.