Última hora

Última hora

Taxistas em greve contra "Lei Uber"

Em leitura:

Taxistas em greve contra "Lei Uber"

Taxistas em greve contra "Lei Uber"
Tamanho do texto Aa Aa

Os taxistas portugueses estão em greve e prometem não arredar pé... ou o carro, enquanto António Costa não tiver intervenção direta para revogar a lei Uber. Em causa está a entrada em vigor do novo enquadramento legal para as plataformas digitais de transporte.

Esta segunda-feira, os manifestantes foram ouvidos pelo assessor económico do primeiro-ministro português. 10 minutos depois, saíam do gabinete, mantendo as reivindicações.

Sem conhecimento do protesto, os turistas que chegaram ao aeroporto Sá Carneiro, no Porto, esperaram em fila por um táxi... em vão. Garantidos ficaram apenas os serviços mínimos, para pessoas idosas e utentes com filhos. No entanto, os motivos para a greve são conhecidos por todos. Ironicamente, a greve dos taxistas acaba por benificiar as novas transportadoras, a quem os turistas recorrem quando não têm um táxi para apanhar.

Os protestos dos portugueses encontraram eco nos taxistas da Grécia, Bélgica e Espanha, que este ano se manifestaram contra a nova concorrência. Na Bulgária, Dinamarca, Hungria, algumas partes da Alemanha e no estado norte-americano do Oregon, a Uber chegou mesmo a ser banida, devido a restrições legais.

Em Portugal, os taxistas prometem continuar parados nos centros das cidades.