Última hora

Última hora

Trump acusa a China de influenciar as próximas eleições dos EUA

Em leitura:

Trump acusa a China de influenciar as próximas eleições dos EUA

Trump acusa a China de influenciar as próximas eleições dos EUA
Tamanho do texto Aa Aa

O presidente dos EUA acusou, esta quarta-feira, a China de tentar manipular as eleições legislativas de novembro. Donald Trump garante que o executivo chinês está a influenciar os comícios porque "os desafiou" na área comercial.

"A China tem tentado influenciar as eleições de 2018 contra a minha administração, eles não querem que eu ganhe ou nós vençamos porque eu fui o primeiro presidente a desafiar a China no comércio, e nós estamos a vencer em todos os níveis", afirmou Trump durante uma sessão do Conselho de Segurança da ONU.

Reuters
Wang Yi, ministro dos Negócios Estrangeiros chinêsReuters

Do outro lado a mesa, no capitólio, estava o ministro dos Negócios Estrangeiros chinês, Wang Yi, que não se ficou e respondeu a Trump.

"Eles não querem que eu ganhe ou nós ganhemos porque fui o primeiro presidente a desafiar a China"

Donald Trump Presidente dos EUA

"Recusamos aceitar quaisquer acusações injustificadas contra a China e pedimos a outros países que observem os objetivos da Carta da ONU e não interfiram nos assuntos internos de outros países", disse o ministro, na sessão da ONU.

O presidente dos EUA diz ter evidências que provam a interferência chinesa nas próximas eleições norte-americanas, no entanto, não apresentou alguma durante a sessão.