Última hora

Última hora

Equipa do Japão ganha Mundiais de judo

Em leitura:

Equipa do Japão ganha Mundiais de judo

Equipa do Japão ganha Mundiais de judo
Tamanho do texto Aa Aa

No último dia dos Mundias de Baku, os fãs dos judocas japoneses apresentaram-se em força para verem os seus heróis tentarem defender o título mundial da equipa.

Com três chefes de Estado a assistir, incluindo o Presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, os nipónicos pareciam imbatíveis.

Hisayoshi Harasawa bateu o medalha de bronze olímpico do Rio 2016, o francês Cyrille MARET, em + 90Kg, depois de dois minutos de "ponto de ouro", com waza-ari de uchi-mata e fez o 1-0 para o Japão.

Em -57Kg, a campeã mundial Tsukasa Yoshida derrotou a francesa Priscilla Gneto, medalhista olímpica nos jogos de Londres 2012, e conseguiu o 2-0 para o Japão.

Em -70Kg , Marie Eve Gahie, medalha de prata mundial, manteve a França na luta ao derrotar a medalha de bronze do Japão, Yoko Ono. Uma vitória da judoca francesa por ippon.

Em -90kg, Shoichiro Mukai foi o herói do Japão ao derrotar o medalha de bronze mundial, Axel Clerget, com um ko-soto-gake pora ippon e encerrar o Campeonato Mundial de Judo de 2018 em grande estilo. Japão 4-1 França.

A vitória de Mukai foi o confirmar do poder nipónico enquanto equipa e o judoca aproveitou o momento de alegria com os companheiros e o treinador Kosei Inoue.

Os japoneses mostraram que a equipa da terra natal do judo ainda é o coletivo a ser vencido quando se trata da competição por equipas.

“Entrei na competição individual e consegui a medalha de ouro. Depois de ganhar o ouro, eu tinha o objetivo final de competir e ganhar a medalha de ouro com a minha equipa. Foi muito importante para a equipa japonesa repetir a vitória de 2017. Estou muito feliz com a conquista,” declarou a judoca japonesa Yoshida Tsukasa.

A equipa da Coreia unificada é mais do que uma ideia, é uma realidade, no tatami e fora do tatami com a campanha "cartão branco" da paz através do desporto. Um gesto de tolerância, inclusão e paz.

A equipa teve uma prestação brilhante. Na luta pela medalha de bronze contra a Alemanha foi imbativel. Os judocas da Coreia unificada ganharam tudo, bateram os germânicos por 4-0 e fizeram história no último dia do Campeonato Mundial de Judo de 2018.