Última hora
This content is not available in your region

Equipa do Japão ganha Mundiais de judo

euronews_icons_loading
Equipa do Japão ganha Mundiais de judo
Tamanho do texto Aa Aa

No último dia dos Mundias de Baku, os fãs dos judocas japoneses apresentaram-se em força para verem os seus heróis tentarem defender o título mundial da equipa.

Com três chefes de Estado a assistir, incluindo o Presidente da Federação Russa, Vladimir Putin, os nipónicos pareciam imbatíveis.

Hisayoshi Harasawa bateu o medalha de bronze olímpico do Rio 2016, o francês Cyrille MARET, em + 90Kg, depois de dois minutos de "ponto de ouro", com waza-ari de uchi-mata e fez o 1-0 para o Japão.

Em -57Kg, a campeã mundial Tsukasa Yoshida derrotou a francesa Priscilla Gneto, medalhista olímpica nos jogos de Londres 2012, e conseguiu o 2-0 para o Japão.

Em -70Kg , Marie Eve Gahie, medalha de prata mundial, manteve a França na luta ao derrotar a medalha de bronze do Japão, Yoko Ono. Uma vitória da judoca francesa por ippon.

Em -90kg, Shoichiro Mukai foi o herói do Japão ao derrotar o medalha de bronze mundial, Axel Clerget, com um ko-soto-gake pora ippon e encerrar o Campeonato Mundial de Judo de 2018 em grande estilo. Japão 4-1 França.

A vitória de Mukai foi o confirmar do poder nipónico enquanto equipa e o judoca aproveitou o momento de alegria com os companheiros e o treinador Kosei Inoue.

Os japoneses mostraram que a equipa da terra natal do judo ainda é o coletivo a ser vencido quando se trata da competição por equipas.

“Entrei na competição individual e consegui a medalha de ouro. Depois de ganhar o ouro, eu tinha o objetivo final de competir e ganhar a medalha de ouro com a minha equipa. Foi muito importante para a equipa japonesa repetir a vitória de 2017. Estou muito feliz com a conquista,” declarou a judoca japonesa Yoshida Tsukasa.

A equipa da Coreia unificada é mais do que uma ideia, é uma realidade, no tatami e fora do tatami com a campanha "cartão branco" da paz através do desporto. Um gesto de tolerância, inclusão e paz.

A equipa teve uma prestação brilhante. Na luta pela medalha de bronze contra a Alemanha foi imbativel. Os judocas da Coreia unificada ganharam tudo, bateram os germânicos por 4-0 e fizeram história no último dia do Campeonato Mundial de Judo de 2018.