Última hora

Última hora

Nobel distingue "revoluções na física dos lasers"

Em leitura:

Nobel distingue "revoluções na física dos lasers"

Nobel distingue "revoluções na física dos lasers"
@ Copyright :
Hanna Franzen/TT News Agency/via REUTERS
Tamanho do texto Aa Aa

A Real Academia Sueca das Ciências atribui o Prémio Nobel da Física de 2018 a três cientistas que "revolucionaram a física dos lasers".

Metade do galardão, com um valor que ronda os 870 mil euros, foi concedido ao norte-americano Arthur Ashkin pela invenção da técnica das "pinças óticas", usada para estudar sistemas biológicos e que permitiu concretizar um sonho antigo da ficção científica: usar a pressão da luz para mover objetos físicos.

A outra metade do prémio foi para o francês Gérard Mourou e a canadiana Donna Strickland, primeira mulher galardoada com o Nobel da Física nos últimos 55 anos. A técnica inventada pelos dois cientistas, designada "chirped pulse amplification" (CPA) tornou-se num padrão para os lasers de alta intensidade e é utilizada em milhões de cirurgias de correção da visão.