A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.
Última hora

Autoridades búlgaras libertam suspeito da morte de Viktoria Marinova

Autoridades búlgaras libertam suspeito da morte de Viktoria Marinova
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

A morte de Viktoria Marinova provocou ondas de choque um pouco por toda a Europa. O assassinato teve lugar uma semana depois da jornalista ter denunciado um caso de corrupção envolvendo o desvio de fundos Europeus, no entanto para as autoridades búlgaras, por enquanto, não é possível estabelecer qualquer ligação entre o seu trabalho e a sua morte.

Ainda assim, anunciaram uma detenção, de um cidadão romeno mas este acabou por ser libertado sem qualquer acusação.

Em entrevista à euronews, o eurodeputado Claude Moraes fez eco da sua preocupação sobre o motivo do assassinato, a mesma preocupação que já tinha manifestado após as mortes de Jan Kuciak e Daphne Caruana Galizia, apelando às autoridades búlgaras para solicitarem ajuda à Europol.