Última hora

Última hora

Erdogan promete revelações sobre a morte do jornalista Jamal khashoggi

Em leitura:

Erdogan promete revelações sobre a morte do jornalista Jamal khashoggi

Erdogan promete revelações sobre a morte do jornalista Jamal khashoggi
Tamanho do texto Aa Aa

Enquanto decorre a investigação às circunstâncias da morte do jornalista Jamal Khashoggi, o rei saudita e o príncipe herdeiro já terão contactado a família do jornalista para dar as condolências.

A informação foi avançada pela agência de notícias do país que revela também que Salman Khashoggi, filho do jornalista, terá expressado um agradecimento sincero aos soberanos pelos telefonemas.

Uma notícia que surge no dia em que procuradores interrogaram mais cinco funcionários turcos que trabalham no consulado saudita, em Istambul. A agência de notícias privada DHA garante que os funcionários foram ouvidos no tribunal da cidade.

Ao todo já foram pelo menos 15, os trabalhadores do consulado saudita ouvidos pela justiça turca.

A chanceler alemã, Angela Merkel, diz que a Europa deve manter uma posição firme com Riade e defende, por exemplo, o congelamento das vendas de armas aos sauditas.

Jamal Kashoggi foi visto pela última vez quando saiu de casa da noiva e entrou no consulado saudita em Istambul para tratar dos papéis de casamento.

Num primeiro momento, as autoridades sauditas afirmaram que o jornalista tinha saído das instalações, mas mais tarde admitiu que tinha sido morto no consulado durante uma luta. Uma situação que o ministro saudita dos negócios estrangeiros considerou um grande e grave erro.

O presidente turco anunciou entretanto que vai contar o que aconteceu dentro do consulado saudita, esta terça-feira, numa sessão do parlamento, em Ancara.