Euronews is no longer accessible on Internet Explorer. This browser is not updated by Microsoft and does not support the last technical evolutions. We encourage you to use another browser, such as Edge, Safari, Google Chrome or Mozilla Firefox.
Última hora

Sarilhos a dobrar para o Facebook

Sarilhos a dobrar para o Facebook
Euronews logo
Tamanho do texto Aa Aa

O Facebook tem mais uma condenação para juntar à coleção que já conseguiu juntar depois do caso da alegada recolha ilegal de dados de utilizadores por parte da empresa Cambridge Analytica. Desta vez vem do Reino Unido e foi uma multa simbólica, de 500 mil libras, o equivalente a 563 mil e 600 euros. Esta multa tinha já sido imposta em julho e foi agora confirmada pelo gabinete do Comissário para a Informação, uma autoridade independente que supervisiona este setor.

Segundo o comunicado, a Cambrige Analytica recolheu ilegalmente dados de um milhão de utilizadores britânicos do Facebook, que foram depois usados para fins políticos.

Os problemas para o grupo de Mark Zuckerberg vêm também de Estrasburgo. O Parlamento Europeu aprovou, também esta quinta-feira, uma resolução contra o Facebook, aprovada por uma larga maioria.

egundo o texto aprovado, que não é vinculativo, o Facebook traiu a confiança dos cidadãos europeus e violou a lei da União Europeia. Os eurodeputados pedem mais transparência à empresa e pede que dois organismos europeus - A Rede Europeia de Agências de Segurança e Informação e o Comité Europeu de Proteção de Dados - possam fazer uma auditoria completa e independente ao Facebook.