EventsEventosPodcasts
Loader

Find Us

PUBLICIDADE

Alitalia tem três pretendentes

Alitalia tem três pretendentes
Direitos de autor 
De  Luis Guita
Partilhe esta notíciaComentários
Partilhe esta notíciaClose Button
Copiar/colar o link embed do vídeo:Copy to clipboardCopied

A companhia ferroviária estatal italiana Ferrovie dello Stato (FS), a companhia aérea britânica Easyjet e a companhia aérea norte-americana Delta, estão interessadas na aquisição da companhia-aérea italiana. A alemã Lufthansa não está interessada em caso de participação do Estado.

PUBLICIDADE

Há três interessados na compra da problemática Alitalia, informou a companhia aérea italiana em comunicado.

As ofertas de compra serão examinadas por comissários extraordinários da Alitalia antes de serem encaminhadas ao Ministério do Desenvolvimento Económico.

A companhia ferroviária italiana Ferrovie dello Stato (FS), uma empresa estatal, anunciou, terça-feira, que decidiu fazer uma oferta pela Alitalia.

Por seu lado, a companhia aérea britânica Easyjet disse, recentemente, estar "ainda interessada numa empresa Alitalia reestruturada como parte de um consórcio"

O terceiro grupo a ter apresentado uma proposta terá sido a companhia aérea norte-americana Delta, informou a imprensa italiana na noite de quarta-feira.

Nos últimos meses, a alemã Lufthansa e a húngara WizzAir tambem manifestaram interesse na Alitalia. Contudo, a Lufthansa disse, terça-feira, não estar interessada na empresa italiana em caso de participação do Estado italiano.

A oferta da estatal FS, favorecida pelo novo governo populista italiano, pode ser acompanhada por uma série de condições, informou terça-feira a imprensa italiana. Entre elas estaria a presença no capital de outra companhia aérea estrangeira, capaz de sustentar a estratégia da Alitalia no longo prazo, e, paralelamente, de outras empresas italianas, que poderiam com a FS deter uma participação de pelo menos 51% .

A Alitalia, que emprega cerca de 11.000 funcionários, acumulou perdas nos últimos anos com a concorrência de empresas de baixo custo.

Até agora detida a 49% pela Etihad Airways, a Alitalia entrou em processo de insolvência em maio de 2017, após os trabalhadores rejeitarem um plano de reestruturação que envolvia 1700 despedimentos.

Partilhe esta notíciaComentários

Notícias relacionadas

Tripulação de cabina da EasyJet começa greve de cinco dias

Greve dos pilotos da Easyjet em Espanha

Caos nos aeroportos: Air France desculpa-se, diretor da Easyjet demite-se