Última hora

Última hora

Bispos franceses reúnem-se com vítimas de padres pedófilos

Em leitura:

Bispos franceses reúnem-se com vítimas de padres pedófilos

Capela da Reconciliação em Lourdes, França
Tamanho do texto Aa Aa

É o principal destino de peregrinação católica em França e poderá ser também o local do início do perdão e reconciliação.

118 bispos franceses reuniram-se este sábado, em Lourdes, com oito vítimas de padres pedófilos.

Um encontro que acontece depois de anos de espera das vítimas.

Olivier Savignac, vítima de um padre num campo de férias, em 1993, diz que "a reconciliação está no final do caminho, mas por agora ainda não estou pronto, porque também representamos todas as vítimas e nem todas estão prontas a ouvir esse pedido de desculpa, por isso não estamos aqui para ouvir desculpas. Pessoalmente isso deixar-me-ia desconfortável."

As vítimas participam em grupos de trabalho com os bispos e discutem temas relacionados com os abusos sexuais ou a prevenção dos mesmos. A Igreja Católica francesa garante que está a trabalhar para que nunca mais aconteçam casos semelhantes.

"Este encontro não é um fim, mas um principio. Não devemos pensar que uma vez realizado, tudo ficará bem, pelo contrário. Há muitas coisas que espero que comecem", afirma o bispo Luc Crepy, responsável pela Comissão Permanente de combate à pedofilia na Igreja.

A Igreja Católica continua sob pressão da opinião pública e das associações de vítimas.

Ainda esta semana, o episcopado Vendeia, no leste do país, anunciou que vai investigar casos de pedofilia que aconteceram entre 1950 e 1979, em duas paróquias da região.