Última hora

Última hora

Mais de 200 valas comuns descobertas no Iraque

Em leitura:

Mais de 200 valas comuns descobertas no Iraque

Mais de 200 valas comuns descobertas no Iraque
Tamanho do texto Aa Aa

Mais de duzentas valas comuns foram descobertas em várias províncias iraquianas controladas pelo Estado Islâmico, entre 2014 e 2017. A descoberta foi anunciada, esta terça-feira, pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Entre os mortos estão mulheres, crianças, idosos, deficientes e também elementos das forças armadas do país.

Ravina Shamdasani, porta-voz do gabinete da ONU para os Direitos Humanos, explicou que ainda não é possível saber o número exato de pessoas que estão nestas valas. Sabe-se, para já, que em Mossul a vala mais pequena, encontrada na região oeste continha oito corpos, e que a maior, encontrada na região sul da cidade, pode conter milhares.

No Iraque, cerca de trinta e três mil civis foram mortos pelo Estado Islâmico, principalmente nas regiões norte e oeste do país, perto da fronteira com a Síria. Segundo a ONU, as mortes foram o resultado de uma campanha sistemática de violência, "que pode equivaler a crimes de guerra, crimes contra a humanidade e genocídio".