Última hora

Última hora

Bruxelas alerta Portugal para incumprimento das metas orçamentais

Em leitura:

Bruxelas alerta Portugal para incumprimento das metas orçamentais

Bruxelas alerta Portugal para incumprimento das metas orçamentais
Tamanho do texto Aa Aa

Portugal volta a estar na mira de Bruxelas. A par de França, Espanha, Bélgica e Eslovénia, o orçamento do Estado português corre o risco de não cumprir as regras orçamentais europeias.

Após a reunião do Colégio de Comissários, o vice-presidente da Comissão Europeia, Valdis Dombrovskis, convidou os Estados-Membros a corrigirem os desvios. "Pedimos aos cinco países para tomarem as medidas necessárias, durante o processo orçamental, para garantir que o orçamento para 2019 cumpra as regras do Pacto de Estabilidade e Crescimento", declarou Dombrovskis.

A Comissão Europeia reconhece o desempenho de Portugal nos últimos anos, mostra-se apenas menos otimista que o governo de António Costa para 2019. Em causa está um corte de 800 milhões de euros na despesa pública portuguesa. A performance intrigou os comissários europeus e levou o primeiro-ministro ao Twitter lebrar, em português e inglês, que, em matéria de contas, Lisboa tem acertado mais que Bruxelas.

Mas Pierre Moscovici vê com bons olhos a façanha portuguesa. "Claro que gostaria muito se Portugal tivesse um desempenho melhor do que o que prevemos atualmente, tal como aconteceu no passado, e se assim for o meu bom amigo António Costa terá o prazer de publicar um novo tweet e para mim isso seria muito bem-vindo", afirmou o comissário europeu para os Assuntos Económicos e Financeiros.

Tweets à parte, Moscovici lembrou que é possível haver variações, mas as projeções da Comissão Europeia têm andado alinhadas com as do FMI e as da OCDE.