Última hora

Última hora

"Coletes amarelos" em toda a França

Em leitura:

"Coletes amarelos" em toda a França

"Coletes amarelos" em toda a França
Tamanho do texto Aa Aa

Toda a França é testemunha dos protestos dos "coletes amarelos". A cidade de Lille, no nordeste, é um ponto-chave para o trânsito internacional. Os "coletes amarelos" ocuparam uma rotunda na periferia da cidade.

"Os "coletes amarelos" representam o povo e estou convencido que vai ser um partido. É preciso ouvir as pessoas. Estamos cansados dos colarinhos brancos e de todos esses tecnocratas que não podem saber o que sentimos. O povo que se levanta cedo, que trabalha no duro, que está em situação de dificuldade e não recebe qualquer ajuda, fica abandonado. Agora, o que nos falta são representantes para a nossa situação," afirma um dos "coletes amarelos" de Lille.

A jornalista da Euronews passou a noite no acampamento dos " coletes amarelos", diz que o protesto expõe reivindicações que já foram manifestadas em outros países.

"Este movimento tem mostrado que a França não foi poupada por um fenómeno que ocorreu em outros países, incluindo Itália e até mesmo os Estados Unidos, onde as classes baixa e média se sentem cada vez mais excluídas da globalização e das suas vantagens sociais e económicas. São pessoas da periferia do mundo. Dizem que querem ser vistas e ouvidas," revela jornalista da Euronews, Annelise Borges.

O descontentamento manifestado pelos "coletes amarelos" serviu de inspiração à classe estudantil. As associações de estudantes reativaram a luta contra as reformas do governo no sistema de ensino.