Última hora

Última hora

Portugal e China assinam 17 acordos de cooperação

Em leitura:

Portugal e China assinam 17 acordos de cooperação

Presidente chinês Xi Jinping e António Costa no Palácio de Queluz
@ Copyright :
LUSA/MÁRIO CRUZ
Tamanho do texto Aa Aa

Terminou no palácio de Queluz a visita de dois dias do Presidente chinês a Portugal.

Sob um apertado dispositivo de segurança, Xi Jinping foi recebido pelo primeiro-ministro António Costa e selou a visita oficial com uma declaração onde defendeu o princípio do respeito mútuo entre países, do livre comércio e da paz.

"Vamos unir esforços em conjunto com Portugal e outros países para promover a paz e a estabilidade, o desenvolvimento comum e a paz duradoura em todo o mundo e em todas as comunidades".

Durante esta passagem por Lisboa, foram assinados 17 acordos entre as autoridades nacionais e chinesas em várias áreas.

Entre eles, destaque para o entendimento de cooperação da chamada "nova rota da seda" que inclui o investimento em mobilidade elétrica ou para a criação de um projeto empresarial chinês em Matosinhos que deverá criar 150 empregos.

No próximo ano, assinalam-se 40 anos das relações diplomáticas entre os dois países e 20 anos da devolução de Macau à China.

Xi Jinping mostrou vontade em reforçar a confiança mútua e de aumentar os ganhos partilhados entre os dois países. Lembrou mesmo uma expressão: "vinho, azeite e amigo, quanto mais antigo melhor".