Última hora

Bombardeiros russos aterram na Venezuela

Bombardeiros russos aterram na Venezuela
Tamanho do texto Aa Aa

Dois bombardeiros russos aterraram esta segunda-feira, no aeroporto de Maiquetía, nos arredores de Caracas.

As aeronaves, com capacidade para transportar mísseis nucleares e voar o dobro da velocidade do som, percorreram 10 mil quilómetros entre a Rússia e a Venezuela.

A manobra, esclareceu o ministro da Defesa venezuelano, visa reforçar a cooperação entre os dois países na defesa aeroespacial.

Num momento em que a Venezuela vive cada vez mais isolada do mundo, a consolidação da aliança entre os dois países está a ser vista de fora com alguma apreensão. Em especial pelos Estados Unidos da América, em plena tensão com o Kremlin.

Uma semana antes, o presidente Nicolás Maduro tinha estado em Moscovo, de onde veio com contratos de investimento no valor de seis mil milhões de dólares, mais de 5 mil 600 milhões de euros, para a Rússia explorar petróleo e ouro na Venezuela.

A Euronews deixou de estar acessível no Internet Explorer. Este navegador já não é suportado pela Microsoft, e os mais recentes recursos técnicos do nosso site não podem mais funcionar corretamente. Aconselhamos a utilização de outro navegador, como o Edge, o Google Chrome ou o Mozilla Firefox.